sábado, 28 de março de 2009

A vida dos novos

Quão mágica e importante é a infância, esse pequeno maravilhoso estado em que tudo é mistério, em que tudo é possível e em que cada experiência fica envolvida no coração (ou é nele cravada…) para nunca mais sair.

Como acredito ser importante ter uma infância feliz, rica em acontecimentos que nos preenchem… são também esses marcos que, ao acontecerem na nossa vida quando o nosso conhecimento do mundo e de nós mesmos está a evoluir, ajudam a fazer de nós aquilo que somos.
Um filme, um livro, o brincar, a ida a algum lugar especial, o ter conhecido alguém em particular… quando estes lugares-comuns da vida acontecem quando somos novos, ganham uma dimensão sobre-humana e, um dia mais tarde ao recordá-los, fazemo-lo com um sentimento de nostalgia, mesmo sem o admitirmos.

Proporcionar a uma criança (ou a um jovem) uma riqueza de experiências simples é contribuir para fazer dela uma melhor pessoa no futuro.

Sem comentários:

Os Taxistas do Zêzere

O sol é diferente a cada manhã quando se cruza no caminho que diariamente percorro para o trabalho ao longo da marginal. E mesmo nos dias e...